18.6.07

Foram resolvidos os 120 códigos de Santa Sofia

Graças a um estudo realizado maioritariamente por investigadores da Universidade de Roma, foi decifrado o mistério das várias marcas inscritas nos elementos de construção da outrora igreja, e agora museu, de Santa Sofia, em Istambul.

Durante os últimos oito anos de investigação, a equipa catalogou e decifrou as assinaturas de 120 construtores responsáveis pela edificação de Santa Sofia, descobertas nos silhares, pavimento e pilares do edifício.
A equipa seguiu a pista das assinaturas com um método semelhante ao utilizado na popular obra "O Código Da Vinci", e comparou-as com outras marcas semelhantes existentes em construções do mesmo período.
Este tipo de marcas foi encontrado, nomeadamente, numa igreja mais pequena também chamada Santa Sofia, localizada nas imediações da outra e considerada sua precursora.
O estudo foi autorizado pelo Ministério turco da Cultura e foi financiado pelo Ministério italiano dos Negócios Estrangeiros e pelo Centro italiano de investigação.

As assinaturas dos mestres consistem nas abreviaturas dos seus nomes e nos símbolos do grupo ao qual pertenciam. Cada nome e símbolo representa um mestre diferente, especialista num determinado aspecto da construção.
Todas as assinaturas, compostas por códigos da Grécia Antiga, foram catalogadas e os resultados científicos da investigação foram publicados.

3 comentários:

Miss Slim disse...

Adorei ler o "Código Da Vinci" e tenho um fascinio por estas coisas.

MARAVILHOSO o teu post, eu adoro Istambul.

Bjo amiga e Obg.

Quico disse...

Olá, princesa da Anatólia! Santa Sofia é um grande monumento e para além disso, tem dignidade para ser uma das tais sete Maravilhas do mundo. O Ventor disse-me isso e, se o Ventor me diz, eu acredito. Bjs.

Anónimo disse...

Usei a sua imagem para um trabalho. Achei educado informar e espero que não se importe. Obrigado.