29.5.07

Foi descoberta na Turquia a âncora mais antiga do mundo


A âncora de madeira mais antiga do mundo foi descoberta durante escavações arqueológicas na cidade portuária de Urla, por investigadores do Instituto Leon Recanati para os Estudos Marítimos da Universidade de Haifa.
A âncora, datada do final do século VII a.C., foi encontrada perto de uma construção submersa a cerca de 1,5 metros de profundidade.
Esta descoberta surgiu no âmbito de trabalhos de investigação que decorrem desde o ano 2000, no âmbito de um projecto de cooperação entre a Universidade de Haifa e a Universidade de Ancara.


O porto de Urla, uma cidade portuária localizada perto de Izmir, tem mais de 5,000 anos de história.
Durante as escavações foram ainda encontrados restos de um antigo porto. Os achados revelaram que o porto, que serviu o antigo povoado grego de Klazomenai, terá submergido no século VI a.C. por razões que não são conhecidas.
Durante a última temporada de escavações, tornou-se claro que um pedaço de madeira encontrado, em 2003, preso no solo na base do antigo porto, é na realidade uma âncora de madeira.
A âncora foi encontrada cravada no solo a 1,5 metros de profundidade e foi datada do final do século VII a.C., o que a torna a mais antiga âncora do mundo encontrada até à data.

3 comentários:

Ventor disse...

Olá, Lídia!
Mais uma bela informação, nos teus belos blogs. tenho tido problemas com a Net e dei uma passeata pelo Algarve, e podes crer que estava com saudades de passar por aqui e receber essa informação como se fosse uma prenda. Espero que o comentário entre e aproveito para te deixar, Bjs., meus, do Quico e d dona.

james disse...

Muito interessante.

Um abraço.

Toutinegra Futurista disse...

Interessantíssimo. Vou passaar a vir mais vezes aqui